A Casa do Bruxo

VOLTAR

106 poesias
Álvaro de Campos

  • (Nota Preliminar)
  • Acaso
  • Acordar
  • Adiamento
  • Afinal
  • Ah, onde estou
  • Ah, perante
  • Ah, um Soneto...
  • Ali não havia
  • Aniversário
  • Ao volante
  • Apontamento
  • Apostila
  • Às vezes
  • Barrow-on-furness
  • Bicarbonato de soda
  • Binômio de Newton, O
  • Casa branca nau preta, A
  • Chega através
  • Clearly non-Campos!
  • Começa a haver
  • Começo a conhecer-me. não existo
  • Conclusão a sucata!... fiz o cálculo
  • Contudo
  • Cruz na porta
  • Cruzou por mim...
  • Datilografia
  • De la musique
  • Demogorgon
  • Depus a máscara
  • Desfraldando ao conjunto fictício dos céus estrelados
  • Descalabro, O
  • Dobrada à moda do Porto
  • Dois excertos de odes
  • Domingo Irei
  • Encostei-me
  • Escrito num livro abandonado em viagem
  • Esplendor, O
  • Esta velha
  • Estou
  • Estou cansado
  • Eu
  • Faróis
  • Fernando Pessoa, A
  • Frescura, A
  • Florir, O
  • Frio Especial, O
  • Gazetilha
  • Gostava
  • Grandes são os desertos, e tudo é deserto
  • Há mais
  • Insônia
  • Là-bas, je ne sais où...
  • Lisboa
  • Lisbon revisited (1923)
  • Lisbon revisited (1926)
  • Magnificat
  • Marinetti acadêmico
  • Mas Eu
  • Mesmo, O
  • Mestre
  • Na casa defronte
  • Na noite terrivel
  • Na véspera
  • Não estou
  • Não, não é cansaço...
  • Não: devagar
  • Nas praças
  • No fim
  • No lugar dos palácios desertos
  • Nunca, por mais
  • Nuvens
  • Ode marcial
  • Ode marítima
  • Ode triunfal
  • Opiário
  • Ora
  • Antigos, Os
  • Passagem das horas
  • Pecado original
  • Plácida face anônima de um morto, A
  • Poema em linha reta
  • Praça, A
  • Psiquetipia (Ou Psicitipia)
  • Quando
  • Que lindos olhos de azul inocente os do pequenito do agiota!
  • Que há, O
  • Que noite serena!
  • Quero acabar
  • Realidade
  • Reticências
  • Saudação a Walt Whitman
  • Se te queres
  • Símbolos
  • Soneto já antigo
  • Sono, O
  • Sou eu
  • Tabacaria
  • Tenho
  • The times
  • Ter deveres, que prolixa coisa!, O
  • Todas as cartas de amor são ridículas
  • Trapo
  • Tumulto, O
  • Vai pelo cais fora um bulício de chegada próxima
  • Vilegiatura