Fragmentos 92

"Ah, não há saudades mais dolorosas do que as das coisas que nunca foram!"