Caixote

Perdido estou.
Perdido vou ficar.

Não há tempo
(nem vontade)
pra me achar
na vida.

Então,
o desencaixe
me encaixa
na arte.

21/8/02