Te busquei

Por quanto tempo te procurei
Sem sequer saber que te buscava
Sem sequer saber quem eras tu
Sem saber do tempo
Sem saber do lugar
Te amava sem saber
Te desejava e não sabia
Admirava e não sabia quem
Me orgulhava e não sabia de que
Me perdia e não te encontrava
Me achava mas não a ti
Longe deste amor vivi
Longe dele me escondi da vida
Longe dele me senti vazio
Me senti sozinho
Me senti como que um
Quando queria que fôssemos dois
Me senti limitado
Quando queria ser eterno
Me senti louco e insano pelo que sentia
Mas um dia te encontrei:
Percebi que te buscava
Percebi que te encontrara
Percebi que não era insano
Apenas apaixonado
Percebi que meus limites se eternizavam
Percebi que existia sim uma vida
Percebi que nunca estive vazio
Pois buscava um sonho
Percebi que sempre fomos dois
E nunca estive só
Me encontrei em ti

E em meus braços te alcancei
Pude me ver em teu olhar
Pude me sentir em teu sorriso
POR ISSO AMOR, TE AMO!

Rafael Galiza de Azevedo