VOLTAR
283 poesias
  • Abelhas, As
  • Acontecimento
  • Acrobatas, Os
  • Anfiguri
  • Agonia
  • Alba
  • Allegro
  • Amor
  • Amor em paz, O
  • Amor nos três pavimentos
  • Anjo das pernas tortas, O
  • Ânsia
  • Apelo
  • Arca de noé, A
  • Ária para assovio
  • Ariana, a mulher
  • Assim como o oceano
  • Ausência
  • Azul e branco
  • Balada feroz
  • Balada da Praia do Vidigal
  • Balada das meninas de bicicleta
  • Balada das duas mocinhas de Botafogo
  • Balada de Pedro Nava
  • Balada do cavalão
  • Balada do enterrado vivo
  • Balada do mangue
  • Balada dos mortos dos campos de concentração
  • Balada negra
  • Barcarola
  • Bergatim da aurora, O
  • Bilhete a Baudelaire
  • Bom ladrão, O
  • Bom Pastor, O
  • Bomba atômica , A
  • Borboletas, As
  • Brotinho indócil
  • Brusca poesia da mulher amada (II), A
  • Cachorrinha, A
  • Cadafalso, O
  • Canção
  • Canção para a amiga dormindo
  • Canta, canta mais
  • Canto de Xangô
  • Cântico
  • Carne
  • Carta ao Tom
  • Casa materna, A
  • Casa, A
  • Coisa mais linda
  • Como dizia o poeta
  • Consolação
  • Copacabana
  • Criação na poesia, A
  • Depois da guerra
  • Desde sempre
  • Desalento
  • Dia da criação, O
  • Dialética
  • Elefantinho, O
  • Elegia ao primeiro amigo
  • Elegia desesperada
  • Elegia lírica
  • Elegia quase uma ode
  • Epitáfio
  • Escravo, O
  • Escândalo da rosa, O
  • Espectro da rosa, O
  • Esposa
  • Estado da Guanabara
  • Estrada branca
  • Estrela polar, A
  • Estudo
  • Eu não existo sem você
  • Eu sei que vou te amar
  • Extensão
  • Felicidade
  • Feijoada à minha moda
  • Filho do homem, O
  • Filho que eu quero ter, O
  • Fim
  • Floresta, A
  • Foca, A
  • Formosa
  • Galinha-d'angola, A
  • Garota de Ipanema
  • Gato, O
  • Gente humilde
  • Girassol, O
  • Grande voz, A
  • Haver, O
  • Hora íntima
  • Idade média
  • Ilha do Governador
  • Imitação de Rilke
  • Impossível partida, A
  • Inconsoláveis, Os
  • Inatingível
  • Incriado, O
  • Insensatez
  • Introspecção
  • Judeu errante
  • Lápide de Sinhazinha Ferreira
  • Lamento ouvido não sei onde
  • Leão, O
  • Legião dos úrias, A
  • Lenda da maldição, A
  • Libelo
  • Lopes Quintas (a rua onde nasci)
  • Mágico, O
  • Mais que perfeito
  • Mais um adeus
  • Malditos, Os
  • Mar
  • Marcha de quarta-feira de cinzas
  • Marimbondo, O
  • Marina
  • Marinha
  • Máscara mortuária de Graciliano Ramos
  • Menino morto pelas ladeiras de Ouro Preto
  • Mensagem à poesia
  • Mensagem a Rubem Braga
  • Minha desventura
  • Minha mãe
  • Minha Namorada
  • Místico
  • Mergulhador, O
  • Modinha
  • Mormaço
  • Morte, A
  • Morte de madrugada, A
  • Mosquito, O
  • Mulher na noite, A
  • Mulher que passa, A
  • Música das almas, A
  • Não comerei da alface a verde pétala
  • Nascimento do homem, O
  • Natal
  • Notícia d' "O século"
  • Olhar para trás, O
  • Olhos mortos
  • Onde anda você
  • Operário em construção
  • Outro, O
  • Paisagem
  • Para uma menina como uma flor
  • Para Viver um grande amor
  • Partida
  • Pato, O
  • Pátria minha
  • Pela luz dos olhos teus
  • Pêra, A
  • Peru, O
  • Pescador
  • Pingüim, O
  • Poema de Auteil
  • Poema de natal
  • Poema dos olhos da amada
  • Poema enjoadinho
  • Poema nº três em busca da essência
  • Poema para todas as mulheres
  • Poeta, O
  • Poeta Hart Crane suicida-se no mar, O
  • Poeta na madrugada, O
  • Poética I
  • Poética II
  • Pôr do sol em Itatiaia
  • Por que será?
  • Por toda a minha vida
  • Porta, A
  • Princípio
  • Prisioneiro, O
  • Procura-se um amigo
  • Purificação
  • Quatro elementos, Os
  • Quatro sonetos de meditação
  • Que há de vir, A
  • Que vem de longe, A
  • Queda, A
  • Quietação
  • Receita de mulher
  • Relógio, O
  • Retrato de Maria Lúcia
  • Revolta
  • Rio, O
  • Riso, O
  • Romanza
  • Rosa de hiroshima, A
  • Rosário
  • Rua da amargura
  • Sacrifício
  • Samba de Breque
  • Samba de orly
  • Samba em prelúdio
  • São Francisco
  • Sursum
  • Saudade de Manuel Bandeira
  • Serenata do adeus
  • Sinos de Oxford
  • Sob o Trópico de Câncer
  • Solidão
  • Sombra e luz
  • Sonetinho a Portinari
  • Soneto a Katherine Mansfield
  • Soneto a Lasar Segall
  • Soneto à lua
  • Soneto a Octávio de Faria
  • Soneto a Pablo Neruda
  • Soneto a quatro mãos
  • Soneto ao inverno
  • Soneto da criação
  • Soneto da desesperança
  • Soneto da espera
  • Soneto da hora Final
  • Soneto da ilha
  • Soneto da lua
  • Soneto da madrugada
  • Soneto da maioridade
  • Soneto da mulher ao sol
  • Soneto da mulher inútil
  • Soneto da mulher ao sol
  • Soneto da rosa
  • Soneto da rosa tardia
  • Soneto da separação
  • Soneto de agosto
  • Soneto de aniversário
  • Soneto de carnaval
  • Soneto de carta e mensagem
  • Soneto de contrição
  • Soneto de despedida
  • Soneto de devoção
  • Soneto de fidelidade
  • Soneto de Florença
  • Soneto de inspiração
  • Soneto de intimidade
  • Soneto de Londres
  • Soneto de luz e treva
  • Soneto de maio
  • Soneto de Montevidéu
  • Soneto de Oxford
  • Soneto de quarta-feira de cinzas
  • Soneto de separação
  • Soneto de véspera
  • Soneto de um domingo
  • Soneto do amigo
  • Soneto do amor como um rio
  • Soneto do amor demais
  • Soneto do amor total
  • Soneto do carifeu
  • Soneto do gato morto
  • Soneto do maior amor
  • Soneto do só
  • Soneto no sessentenário de Rafael Alberti
  • Soneto sentimental à cidade de São Paulo
  • Soneto simples
  • Sonoridade
  • Suspensão
  • Tarde
  • Tarde em Itapuã
  • Tempo feliz
  • Terceiro filho, O
  • Tomara
  • Trecho
  • Três respostas em face de Deus
  • Tríptico na morte de Sergei Mikhailovitch Eisenstein
  • Tristeza e solidão
  • Última elegia (V), A
  • Última parábola, A
  • Um beijo
  • Um passarinho, A
  • Uma mulher, A
  • Uma mulher chamada guitarra
  • Uma mulher no meio do mar
  • Único caminho, O
  • Valsinha
  • Verbo no infinito, O
  • Vale do paraíso, O
  • Variações sobre o tema da essência
  • Vazio
  • Velha história
  • Velho e a flor, O
  • Velhice
  • Vigília
  • Vinte anos
  • Volta da mulher morena, A