Citações

"Eu era um fracasso na escola. A escola não me dizia nada do que eu queria saber. Tudo o que aprendia era nos livros, em casa ou na rua. Repeti cinco vezes a segunda série do ginásio. Nunca aprendi nada na escola. Minto. Aprendi a odiá-la."

"Sou tão bom ator que me finjo de comnpositor e poeta e todo mundo acredita."

"Quando me encontrei com Lennon nos EUA, conversamos muito sobre figuras históricas do mundo. Num momento da conversa, ele me perguntou: 'E no Brasil? Quem é o tal?' Fiquei nervoso e falei a primeira coisa que me veio na cabeça: 'Café Filho!'. Ele então: 'What?!' e eu 'Nothing, forget about it..."

"Meti a mão! Killer diller é uma música que adoro, e peguei o arranjo, ficou bonito e ninguém notou!!!"
(Raul Seixas, sobre o fato de Rock das Aranha ser muito parecido com Killer Diller, de Jim Breedlove.)

"Sabem porque não gosto de bossa nova?! Porque não consigo tocar aqueles acordes dissonantes..."

"De que o mel é doce é coisa que eu me nego a afirmar, mas que parece doce eu afirmo plenamente"

"Logica e razão são coisas da terra. Eu divido as coisas da terra, coisas do universo e coisas da coisa. E as coisas da coisa, minha filha, essas é que são o negócio, entende? Quem é que pode explicá-las?"

"Eu sou mesmo um cara muito tímido e com a sensibilidade à flor da pela. No palco, é hora de vomitar"

"Antes de ler o livro que o guru lhe deu, você tem que escrever o seu"

"Sim, curvo-me ante a beleza de ser
às vezes zombo de mim mesmo ao término de uma
inteligente e aguçada constatação.
Ermitão do insólito, poeta da dúvida
Entretanto duvido a dúvida por ser dúvida
fruto de uma premissa lógica
Mas nego, afirmo e não duvido de nada
Prisioneiro sem grade desse silêncio eterno."

"Somos prisioneiros da vida e temos que suportá-la até que o último viaduto nos invada pela boca adentro e viaje eternamente em nossos corpos"

"Quero a certeza dos loucos que brilham. Pois se o louco persistir na sua loucura, acabará sábio"