O que é vedanta?

A filosofia Vedanta originou-se dos Upanishads,textos que conformam a última parte dos Vedas,as mais antigas e importantes escrituras da India.A partir destas escrituras surgiram as bases filosóficas de todos os sistemas de pensamento religioso hindu,tanto dualistas quanto monistas.Tem sua origem há centenas e talvez há milhares de anos antes de Cristo,registrando as experiências místicas de santos e sábios.Com respeito ao homem,a Vedanta fundamenta-se em três pontos:

1.A natureza humana é divina.
2.O objetivo de vida humana é despontar e manifestar esta natureza divina.
3.A verdade é universal ,não sendo possessão exclusiva de nenhum credo, raça ou época.

Religião é, portanto, a busca do auto conhecimento, a procura do Deus existente dentro de nós mesmos. Pode-se dizer que Vedanta é filosofia,religião,psicologia e ética,todos integrados numa metafísica que satisfaz a razão,podendo ser compreendida e realizada intuitivamente por qualquer pessoa que pratique e experimente as disciplinas adequadas.

"Descubra Deus! este é o único propósito da vida"
Sri Ramakrishna

Os principais conceitos da Vedanta

Deus é Um sem segundo,absoluto e indivisível. Embora impessoal,além de nome e forma,Deus assume várias formas pessoais para se revelar a nós. Deus é nossa essência,nosso espírito.Primordialmente somos todos Consciência,partes da Consciência Cósmica. Todas as Encarnações (manifestações de Deus na Terra) são personificações reais da Divindade.Nenhuma Encarnação pode ser considerada como a única manifestação daquela Divindade.Não existe acaso no universo cósmico.O destino humano é governado pela lei de causa e efeito (Karma). Não devemos nos considerar como necessitando ser salvos;nunca estivemos perdidos! Apenas vivemos na ignorância de nossa verdadeira natureza.Nascemos repetidamente na Terra para terminar a tarefa inacabada de realizar nossa divindade.Embora soframos por força de nossas ações podemos nos controlar e,por conseguinte,ao nosso destino.Existe um estado mais elevado de consciência (supra-consciência ou samadhi) que pode ser alcançado nesta nossa própria vida. Eis a meta!

O que exuiste de especial na Vedanta

1- Os vários ensinamentos oferecidos pela Vedanta podem adequar-se a uma ampla gama de temperamentos. Em miúdos: se a parte ritualística não Ihe atrai você tem toda a liberdade de não assisti-la. Mas aqueles que se deleitam com rituais (arati, puja etc) têm sempre as boas vindas àquelas cerimônias.

2 - Nossa abordagem utiliza, como dissemos, um variado número de métodos ou práticas. Com orientação qualificada (que é sempre grátis, jamais envolvendo dinheiro) você pode evoluir com aquela que lhe seja mais afim.

3 - Na Vedanta não se acredita em pecado, apenas em erro. Algum dia TODOS atingirão a meta da perfeição. Eis uma assertiva extremamente consoladora e positiva para aqueles que foram acostumados a se julgar pecadores. Vale lembrar as pa1avras de Swami Vivekananda:

"Filhos de imortal bem-aventurança: - que palavras doces e esperançosas! Permitam-me chamar-lhes, irmãos, por este doce nome: herdeiros da felicidade eterna. Os hindus se recusam chamar-lhes pecadores. Pecadores? Pecado é chamar-se alguém pecador! Esta é uma afirmação difamatória à natureza humana. Levantem-se - Ó leões - e arrojem longe a ilusão de que são carneiros. Vocês são imortais, espíritos livres, abençoados e eternos."

Os métodos

Religião é uma questão experimental,de prática,de conhecimento,de observação direta e pessoal.Sua religião tem que se tornar uma realização profundamente vivenciada de que sua verdadeira natureza é espiritual,de que você é uno com o espírito universal.Vedanta enfatiza a idéia do auto-esforço.Encoraja-nos a realizar o Deus que já temos dentro de nós através de certos métodos chamados Yogas os quais canalizam corretamente as tendências de que somos possuidores.Há várias maneiras de se alcançar união com Deus;o ideal é praticar um equilíbrio harmonioso das 4 Yogas que são:

1. JNANA YOGA - é a realização de Deus ou do Absoluto através do discernimento e da razão.O objetivo é a liberdade,romper a ilusão e ver a mesma Realidade subjacente a todos e a tudo.Este caminho utiliza muito os poderes da mente e é adequado ao filósofo que almeja ir além do universo visível.

2. BHAKTI YOGA - é o cultivo de uma relação devocional com Deus através da oração,ritual e adoração.É indicada para pessoa de natureza emocional,o Amante de Deus Pessoal.

3. KARMA YOGA - é o caminho que conduz a Deus através do trabalho inegoísta,do serviço ao próximo,pela adoração da divindade que existe dentro de cada ser humano.

4. RAJA YOGA - chamada de Yoga da meditação,é a alma de todas as Yogas.A ênfase aqui é o controle da mente pela concentração e meditação. Raja Yoga é também denominada o caminho psicológico da união com Deus.

 

 

Voltar