Os dez mandamentos do fazedor de Milagres

Adaptado de Paul Pearsall - Making Miracles - Simon & Schuster - New York

1 - Estamos livres das limitações impostas pelo tempo e pelo espaço linear e local. Os pensamentos, os sentimentos e o amor podem produzir os seus efeitos de uma vez em qualquer tempo e em qualquer lugar. O princípio científico da não-localidade prova a realidade da ação instantânea. Os milagres podem ser feitos subitamente e produzir os seus efeitos em todas as partes ao mesmo tempo. Seja reverente com seu espírito livre, imanente em todo o Cosmos.

2 - Criamos o nosso mundo com base nos fatos, no momento e no modo como decidimos interpretar os acontecimentos da nossa vida. O princípio científico da influência do observador prova que os observadores fazem o mundo tal como é. Criamos os nossos milagres usando uma visão do mundo que está além do alcance de nossa vista - mas disponíveis para a nossa visão da alma. Reconheça o poder transformador de suas percepções.

3 - Vivemos num universo de paralelos. Sempre existe um lado oposto em todo acontecimento, sentimento, medo e esperança. O princípio científico da complementaridade prova que somos energia e massa, onda e partícula, protuberâncias e vórtices de matéria e saltos e emanações de energia. Cada maneira de conhecer alguma coisa demonstra a existência de outra maneira. Os milagres são realizados quando nos lembramos de que "um mais um é igual a Um". Reflita sobre a dualidade de todas as pessoas, coisas e acontecimentos.

4 - Nunca podemos ter certezas absolutas, sobre se algo é assim ou não é. O princípio científico da incerteza prova que, quanto mais conhecermos um lado ou aspecto de alguma coisa, menos sabemos a respeito do outro lado. Quanto maior o nosso conhecimento, maior é a compreensão do que falta conhecer. Os milagres resultam do nosso reconhecimento de que mesmo as piores notícias são apenas parte da história; o enredo total é um mistério. Demonstre humildade diante dos mistérios do mundo.

5 - Não somos uma mente e uma consciência isoladas. O princípio da unicidade prova que os milagres são criados a partir de nossos esforços para reconhecer, ter consciência e pensar como uma única mente. Todos os milagres são um esforço de grupo. Recorra à oração como a sua maior fonte da energia universal.

6 - Existe mais de uma realidade. O princípio dos múltiplos reinos da realidade prova a existência dos diversos domínios da realidade e mostra que cada um desses reinos tem as suas próprias regras e maneiras de explicar o universo. Não temos de "enfrentar a realidade". Interpretamos as coincidências do mundo e entendemos os sinais da existência de outras leis de causalidade. Fazemos milagres abarcando todas as realidades. Seja criativo ao construir a sua própria realidade.

7 - Como somos nós que decidimos como iremos nos mover pelo nosso mundo, as viagens através do tempo são possíveis. O princípio da simultaneidade prova que em alguns níveis da realidade é possível nos deslocar cósmicamente a velocidades superlumínicas. Os milagres são criados quando criamos o Tempo Sagrado - a reverência pelos momentos especiais - e não quando vivemos unicamente no tempo profano de um dia apressado de cada vez. Carpe die, ou melhor, carpe momentum é a orientação do fazedor de milagres. Seja paciente e torne todo o seu tempo sagrado.

8 - Somos rodeados por campos de energia que determinam o nosso desenvolvimento. O princípio da vibração prova que o nosso corpo, mesmo quando lesado ou doente, é um recipiente para a organização temporária e local da energia do nosso espírito. Os milagres são feitos quando nos libertamos da idéia de que "somos apenas o nosso corpo". Esteja ligado à energia do amor que existe à sua volta.

9 - Estamos constantemente nos desintegrando, e é assim que acabamos juntando todos os nossos pedaços. O princípio científico da sintropia ou neguentropia e as Leis da Termodinâmica provam que as perturbações e comoções da nossa vida são processos naturais e necessários para a reorganização do espírito. Para fazer milagres, precisamos fazer uso e não ter medo dos nossos momentos de crise. Tenha a esperança de que um milagre vai ocorrer.

10 - A existência provoca o caos e o caos é a manifestação de uma ordem que está em evolução. As descobertas científicas do estudo do caos e da complexidade provam que a agitação e as aparentes perdas são parte de um grande processo de ganho cósmico. As coincidências, crises, curas e caos da vida diária demonstram, em uma visão global, a influência cósmica organizadora. Fazemos o milagre final quando descobrimos o significado da desordem em nossa vida, assim como os violentos maremotos e vulcões deram origem à lindas ilhas tropicais, a existência é uma dança permanente da mudança. Alegre-se com o fato de que os milagres podem ser feitos por qualquer um de nós.

 

 

Voltar