Respirando Pela Paz

A respiração profunda, que pode ser praticada de milhares maneiras diferentes, é um dos instrumentos mais eficazes para ligar harmoniosamente em nós os ritmos do corpo, da mente e da alma imortal. Afinal a vida é um sopro. Respirar é a primeira e a última coisa que fazemos na vida. Respirar profundamente é uma técnica tão simples que freqüentemente nos esquecemos dela para buscar elaborações intelectuais complexas, ilusórias. A seguir um exercício que une meditação e respiração, em três etapas. A duração de cada etapa dependerá de você. Deixe que o processo flua naturalmente. Comece com cinco minutos diários. Após alguns dias, você pode aumentar gradativamente a duração do exercício. Lembre-se de que, em meditação, a constância e a moderação são fundamentais.

  • Sentado com a coluna ereta em local arejado ou ao ar livre, afaste-se mentalmente de preocupações pessoais.

  • Com os olhos fechados, visualize uma bela paisagem natural.

  • Imagine-se caminhando, feliz à beira mar ou por uma montanha.

  • Com os olhos fechados solte os músculos dos pés, das pernas, das mãos (que devem ficar sobre os joelhos), dos braços, do rosto.

  • Ao inspirar lentamente, pense nas palavras Dentro, Energia Pura. Você está focando a consciência na energia vital pura dentro de você. Ao expirar, concentre-se sem esforço nas palavras Fora, Energia Pura. Repita algumas vezes essa respiração visualizadora.

  • Quando quiser, passe para a segunda etapa, inspirando enquanto foca a consciência nas palavras Dentro, o Momento Presente. Ao expirar visualiza as palavras Fora, o Momento Presente. Repita algumas vezes a respiração. Faça uma pausa com a respiração solta, mais curta, antes de passar para a etapa seguinte.

  • Inspirando pense nas palavras Dentro, Paz Universal. Expirando, medite nas palavras Fora, Paz Universal.

    Comece com poucos minutos diários. Não pretenda alterar repentinamente seus hábitos respiratórios. Antes de erguer-se e dar por encerrado o exercício, agradeça. Agradeça a Deus, ou a Jesus, ou ao Universo - a algo maior que você - pelos minutos de paz que teve. Lembre-se: a energia da gratidão produz grande paz. Agradecer silenciosamente, de coração faz bem.

  •  

     

    Voltar